Por Ron Perlim

Dê a seu filho ou filha um livro como se dá um bombom, um brinquedo, a camisa do time preferido, o abraço, o afago. Permita a ele ou a ela o mundo das palavras e do conhecimento.


Se não houver uma conscientização coletiva no fazer político

Se a contradição da facilidade e das exigências políticas não forem desfeitas

Se o voto continuar na balança e a sociedade não se organizar em núcleos de reeducação política

Se a expressão “rouba, mas faz” não for excluída

Se o convencimento pueril de que a corrupção é um elemento cultural

O estardalhaço midiático só venderá

As crônicas não chegarão aos mais simples

E o poder nunca virá do povo, mas de uma relação comercial

Se gostou, comente!