Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Cleno Vieira

O São João do Nordeste

  Por Cleno Vieira No São João do Nordeste  tem de tudo até de mais temos milho, munguzá e canjica  para só de milho o povo saborear.  Temos o famoso quentão que é servido de coração  pro cabra ficar animadão. A veneração aos santos Antônio, João e Pedro, são pra lá de especiais  mais o que abrilhanta a festa  são as quadrilhas nos arraiás. Nesse mês junino  temos o santo casamenteiro de Propriá ele é nosso  padroeiro, pra não haver             desespero, rogue a Antônio um amor verdadeiro. Logo em seguida  vem o menino São João  com o cordeiro na mão é exaltado, mas tudo fica animado  quando os fogos são queimados. Pra não deixar queimar o Nordeste, vem São Pedro  alegrando o sertão  e com a linda chuva  alegra-nos o coração. Pra terminar o mês junino  é celebrado São Paulo  que por poucos é venerado mas pense em um santo arretado. Pra mode não demorar  eu já vou terminar,  dizendo que o São Joã

O Choro Do Velho Chico, o pai do sertão

Por CLENO VIEIRA O Velho Chico Agora Chora Pois Sua Felicidade Foi Embora E Ninguém Sabe Quando Ela Voltará.  Da Serra Da Canastra  A Foz Do São Francisco Esse Rio Sai Pedindo Consolo E Oração. Fique Você Sabendo Que Nós Somos Os Culpados Desse Choro Calado Do Velho Chico Arrasado. Fico Até Imaginando O Que Será Do Sertão Sem Esse Grande Irmão Que Deu Sua Vida Ao Sertão. Hoje Ele Chega Lá No Ceará Mas É Lá Na Foz Que Eu Vejo Água Faltar. E Agora Esse Choro  Está Acabando  Porque Nós Abandonamos O Velho Chico Pai Do Sertão.