Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Indigitar

Travessia de abismos

CONVITE O poeta Cleberton Santos e a Editora Via Litterarum convidam você para o lançamento-recital do livro “ Travessia de abismos ”. Participação especial do músico feirense Tito Pereira . Dia: 04 de setembro de 2015 Horário: 19:00 Local: Radiola Lanchonete Cultural (próxima ao Mercantil na Av. Maria Quitéria – Feira de Santana) (Entrada livre) SOBRE O LIVRO “TRAVESSIA DE ABISMOS” Livro: “Travessia de abismos” (poemas) Autor: Cleberton Santos Prefácio: María Pugliese (Argentina) Posfácio: José Geraldo Neres (São Paulo) Orelha: Ísis Moraes, Gabriel Gomes (Bahia) Ilustração da capa: Nanja Brasileiro (Feira de Santana) Fotografia: Emanuel Fonseca (Bahia) Editora: Via Litterarum (Ibicaraí-Bahia) Dedicado ao poeta Reynaldo Valinho Alvarez & Maria José de Sant’Anna Alvarez O novo livro do poeta Cleberton Santos apresenta 60 poemas de tonalidade filosófica que refletem sobre a travessia da existência humana e sua profund

Ficção em tópicos

O Ficção em Tópicos é um site destinado para autores jovens e para aqueles que também escrevem, mas que ainda não se ateve a importância das técnicas que são úteis para quem lida com a palavra. Ele é mantido por Diego Schutt que é publicitário, escritor e especialista em storytelling e criação de universos de ficção. Ao navegar pelo site, você encontrará dicas sobre como iniciar uma história, construir  personagens, estruturas de enredos, cursos e serviços prestados por Diego e muito mais. Há, também, o e-book Palavras de Mestre disponível para download. O livro reúne conselhos, dicas de escritores consagrados como Lia Luft, Eliana Brum etc. Vale a pena fazer uma visita, remar por lá, descobrir novas ideias e sugestões reservados para você que quer adentrar no mundo dos livros e da ficção.

O Cavaleiro de fogo

Conheci José Inácio Vieira de Melo na  IV Flimar.  Trocamos algumas palavras e, devido a correria, não foi possível intensificarmos os diálogos.  Para saber mais sobre o autor, os eventos que tem participado e seus últimos lançamentos, acesse este blog:  Cavaleiro de fogo .  Contato:   jivmpoeta@gmail.com. Compartilho, também, estes vídeos:  Entrevista   Poesia

Adail e A menina das queimadas

Ronaldo Pereira de Lima lançou seu “romance” (ou contos reunidos?) na II Bienal do Livro, em Itabaiana-Se. Não se trata de indecisão deste leitor, quanto ao gênero lido, mas de observação contida na última capa, que é interessante reproduzir: “O livro A Menina das Queimadas , a princípio, nos parece um livro de contos mas na verdade as histórias nele contidas se entrelaçam de tal forma que se torna um livro coeso (...)” Na primeira orelha temos, com uma foto e um texto, revelada a fonte de inspiração do autor... Trata-se de uma obra curta, contida entre as páginas 9 e 46. A presença de um glossário, entre as páginas 47 e 51, remete a peculiaridades linguísticas. Sem este auxílio, saberia o leitor o que é “Brincar de Natal”, “Cartilha do povo”, “Chocho”, “Caieira”, “Esborrotar”, “Galinha de melão”, “Labafero”, “Lagoa Salomé”, “Macacão”, “Pedra negra”, “Prendar”, “Queimada”, “Quebranto”, “Sabão Branco”, “Sabão da terra”, “Simbazol”, “Trancoso”, “Tabuleiro”, “Uma quarta”? A bel

Cultura Interativa

O site Cultura Interativa é mantido pelas jornalistas Manuela Pena Cal, Samara Fagundes e por Messias Libério. Para eles, “O projeto do site visa a utilização de uma nova tendência no jornalismo, que é a possibilidade de colaboração dos usuários. Essa participação se dará através do envio de textos, fotos, vídeos ligados à área de jornalismo cultural, evidenciando uma preocupação em estabelecer um debate acerca das expressões culturais, servindo não só como meio de divulgação da cultura, mas também como forma de reflexão, tentando entender o passado, analisar o presente e descobrir as tendências do futuro”. Nele, você pode ser um colaborador, navegar na página espaço cultural e seções. Nesta, há uma variedade de opções, indo do artesanato até a galeria. Vale a pena conhecer esse espaço. Eu, por exemplo, já tenho duas colaborações. São elas: A menina que passa e Laura . Esta é a dica para os que apreciam a diversidade cultura. Visite o site. Externe sua

Maior biblioteca da América Latina

O Brasil possui uma das maiores bibliotecas do mundo e a maior da América Latina . Nela, há um acervo de 9 milhões de exemplares. Localiza-se no Rio de Janeiro - RJ. Para saber mais sobre ela, selecionei este vídeo:

Entrevistado pelo Divulga Autor

O blog  Divulgar Autor , mantido pelas escritoras Jéssica Morgan (Medo da Verdade) e Roberta Kelly (A chave) mantêm a seção  Um café e um livro . Concedi uma entrevista para elas. Visite o blog, confira a entrevista e deixe seu comentário. Nela, discorro sobre a importância da leitura na formação do escritor,  o conceito de inspiração ,  as dificuldade sobre a distribuição e divulgação. Encerro a entrevista falando sobre o livro  A menina das queimadas , os objetivos alcançados e o que desejo para aqueles que lerem o livro. divulgaautor.blogspot.com Sábado, 5 de outubro de 2013. Ronaldo Pereira de Lima Nosso Café recebe hoje o escritor Ronaldo Pereira de Lima, autor do livro 'A Menina das Queimadas'. Seja bem vindo Ronaldo! J.M.: O que o despertou para leitura o motivando a escrever? R.P.L.: O meu envolvimento com a leitura tem um fato curioso. Tudo aconteceu quando eu quebrei o braço. Sem as malinações diárias, lia o Novo Testam

Por que conhecer mitos brasileiros

Agora você está entrando no mundo dos mitos. Mas o que são mitos? São figuras criadas pela imaginação de um povo, que não existem na realidade. Os mitos são encantados, eles têm poderes mágicos que as pessoas comuns não têm. Com sua magia, podem fazer o bem, fazer o mal ou simplesmente assustar as pessoas para se divertir à custa delas. A maioria dos mitos usa seus poderes para castigar o que é considerado do mal e recompensar o que é considerado do bem. Um mito pode assumir forma de gente, animal, objeto e até planta, montanha ou rio. Alguns podem mudar de forma dependendo da ocasião, outros podem ter forma mista, por exemplo metade gente, metade animal. As histórias que são contadas a respeito dessas figuras chamam-se lendas. O conjunto dos mitos e das lendas de um povo chama-se mitologia. Em sua mitologia, os povos falam de seus sentimentos e de seus costumes. Falam do que acham certo ou errado, do que deve ser castigado ou recompensado. Histórias mágicas de

O blog Entre Páginas de Livro resenha o livro A menina das queimadas

Hoje eu não irei fazer uma resenha do livro que li, e sim uma análise expondo a minha opinião e explicando a história. Isso porque a obra é pequena e com uma narrativa bem simples, de modo que se eu aprofundar acabo falando tudo e soltando spoilers. Então vamos com calma para você conhecer um pouco o que há por trás das páginas do livro A Menina das Queimadas do autor Ronaldo Pereira de Lima . A Menina das Queimadas é uma criança que vivencia as dificuldades enfrentadas pela população brasileira entre as décadas de 30 e 40. Tudo é narrado através da protagonista, Zélia de Oliveira Rocha , e os fatos são verídicos. Em apenas 52 páginas, conhecemos muito sobre a infância e adolescência da Zélia. Logo nas primeiras páginas, somos apresentados a dificuldade da protagonista em estudar. Naquela época, os alunos eram mais aplicados e respeitavam muito a professora que em muitas vezes os colocavam de castigo. Zélia teve que conciliar os estudos em cuidar dos irmãos e ajud

O Eleitoral

O Eleitoral  é um blog de crônicas políticas, onde o autor publica todos os meses. As crônicas nele publicadas diferem das demais porque não se prende a comentar vários assuntos abordados pela grande mídia, nem o estardalhaço que essa costuma fazer quando surge algum escândalo de corrupção. Es s e blog tem como finalidade demonstrar os vários aspectos do comércio eleitoral das cidadezinhas, as suas manifestações políticas e a maneira como os políticos são vistos pelos eleitores. Essas crônicas tam bém foram publicadas no jornal on line Tribuna da Prai a, onde fui colunista por mais de sete anos. Foi a partir desse sítio e desse blogue que se originou o livro Viu o home?     A publicação destas crônicas será atualizada mensalmente. Espero que vocês participem com comentários e sugestões. Abaixo, segue uma lista de las : Os prefeitos, a folha paralela e os cognatas; Creditados ; Possuídos pela barganha ; Reeducação política ; Os homens de bem e a política ;

Identidade Alagoana

O site Identidade Alagoana publicou a crônica O poder que ele de minha autoria. Ele surgiu em janeiro de 2007 e tem como objetivo divulgar bens culturais do Estado de Alagoas na literatura, celebrações, lugares, músicas e outros. Para os seus idealizadores o que importa é a comunicação social. O site é composto de quatro integrantes: Diego Marcel, estudante de Engenharia Ambiental pela Unifal (Faculdade Figueiredo Costa). É o coordenador artística do site.; Idson Pita é formado em Turismo pelo CEFET/AL ( atual IFAL). É o coordenado Comercial; João Paulo Torres, estudante de Webdesigner, pela Faculdade de Alagoas - FAL Estácio é responsável pelo layout e Nereu Ventura, servidor público da Eletrobrás, cursou Administração de Empresas por três anos na Ufal. A missão da Identidade Alagoana é esta: “ Apoiar e promover ações que facilitem o acesso ao conhecimento da cultura alagoana como um todo”. Acesse este espaço interessante e conheça Alagoas de outra maneira.

Concursos Literários

Rodrigo Domit é natural de Curitiba e radicado no Rio de Janeiro. Escreve contos e poesias desde 2003. É autor dos livros de contos   Vem cá que eu te conto   (2010) e   Colcha de Retalhos   (2011). Já foi selecionado em vários concursos literários, dentre eles: Luiz Vilela (Contos - 2007), Helena Kolody (Poesias - 2008 e 2009), Prêmio SESC (Livro de Contos - 2008), Poemas no Ônibus (Poesia - 2010 e 2011), Prêmio ler&Cia (Contos - 2011); Prêmio Utopia (Livro de Contos - 2010), Prêmio Cidadão (Poesia - 2011) e do Concurso Machado de Assis (Contos - 2011).  Rodrigo Domit é um dos administradores do blog Concursos Literários  cujo objetivo é  ampliar e democratizar o acesso aos editais e resultados de concursos literários.

Simone Moura Mendes

Nascida em Maceió/AL, Analista Judiciário do TRT da 19ª Região, com formação superior em Administração de Empresas e Direito; Especializada em Direito Material e Processual do Trabalho pela ESAMC. Autora de dois livros de poesias: Incógnita, 1997, e Eu mesma... nua, 2011; uma das organizadoras da antologia poética do TRT19 "Justiça à Poesia", da qual também, participa; contribuiu com várias antologias poéticas; participa, com a crônica "Imagem e ação nos EUA", da coletânea "Cronistas Internautas", lançada na Fliporto 2011, pelas Edições Bagaço. Membro honorário da Real Academia de Porto Alegre. Laureada com a Comenda "Dama Grã-Cruz"... Esposa e Mãe, feliz! Desrição do blog   Uma vida em Poesia , de   Simone Moura e Mendes :  A poesia me encontrou. Encontrei-me na poesia! Concedo-lha portentosas asas para alçar longínquos voos e disseminar sonhos nos corações cúmplices e sensíveis. Que ela logre fabulosos rasantes em vastos mu