Por Ron Perlim

Dê a seu filho ou filha um livro como se dá um bombom, um brinquedo, a camisa do time preferido, o abraço, o afago. Permita a ele ou a ela o mundo das palavras e do conhecimento.


Miolo, que não é de pote

No fundo da consciência, onde se esconde a traça dos pensamentos; onde fic…

Andando de lancha

Vinha tranquilamente pela Fernandes de Lima, na minha pequena Colégio. Encontre…

O livro

Houve um tempo em que eu reclinava a minha cabeça sobre ti. Nos momentos d…

Oscilação

O vaivém retido nos meus olhos me põe em estado de estátua. Minha aparência…

Pequeno, mas maior que o mundo

Eu estava deitado no meu silêncio e uma súbita amiga quebrara-o, assim com…

Voto não é mercadoria

Eu sou do tipo que condeno o comércio eleitoral por entender que só causa malef…

Não seja parceiro da corrupção

A política, feita corpo a corpo, contraria toda e qualquer compreensão sobre o …

Arruda, as cuecas e as meias

Os cientistas políticos tentam explicar o fenômeno da corrupção. Muitos culpam …

Os homens de bem e a política

A gente cresce ouvindo que “os homens de bem não devem se meter em política”. Q…

Base mal aliada

Toda eleição possui candidatos e uma base que os apóiam. E, na formação dessa b…

Senado do povo, como povo

Ouço quando os colegas opinam, melhor dizendo, repetem o que há nos recortes de…

O vendedor de cocadas

Deparei-me com o vendedor de cocadas outro dia desses, quando andava tranquilam…

Abandono e rejeição

Aos oito anos de idade Carla fora abandonada pela mãe, ficando na companhi…

Farinha com água

Meio-dia. O mormaço entra pela porta escancarada, ficando retido nos canto…

O segredo escondido na prateleira

— Por favor, vá até a prateleira e me traga alguns fragmentos. Se por aca…

Posta de peixe

Meio dia... Ele chegou faminto do trabalho. Foi a cozinha, abriu a po…

A existência que dói

Era visível no olho esquerdo uma remela esverdeada. A face, abatida, e…

Abrir e fechar o dia

Hoje fui acometido por uma insônia miserável. Volvia-se sobre o colchão…

Céu plúmbeo

O céu estava plúmbeo. No outro lado do rio, uma nova croa apareceu; en…

Fragmentos

O rádio toca, os carros passam.  Debaixo do teto as pessoas conversam,…

Isso é Tudo