2 de mai de 2018

Duvide. Critique. Determine.


Todo ser humano (...) deveria aprender a fazer higiene mental tal como faz a higiene bucal. Como? Todos os dias, em silêncio mental, deveria aplicar a técnica DCD (Duvidar, Criticar e Determinar).

Deveria duvidar de tudo que o controla, pois aquilo em que crê a controla. Duvidar do controle do medo, da autopunição, do sentimento de incapacidade, de não dar conta de tanta responsabilidade, de que seus filhos não desenvolverão uma personalidade saudável. Deveria ainda, criticar sua baixa autoestima, sua fragilidade, seus pensamentos asfixiantes, o conformismo e as falsas crenças. Deveria também, para completar a técnica DCD, decidir a cada momento ser livre, seguro, leve, relaxado, gestor de sua mente.

A técnica DCD pode ser feita espontaneamente todos os dias, por três ou quatro minutos a cada vez. O ideal é que seja realizada antes de sair de casa e logo ao deitar na cama. Iniciar e finalizar o dia com higiene mental relaxa, acalma, debela nossos predadores mentais, reedita nossa história.

Se todos os dias as crianças, os jovens e os adultos em todas as nações fizessem essa técnica disciplinadamente, evitaríamos centenas de milhares de suicídios e milhões de outros transtornos emocionais por ano. A técnica DCD é revolucionária.


Fonte: CURY, Augusto. 20 regras de ouro para educar filhos e alunos: como formar mentes brilhantes na era da ansiedade. 1 ed. São Paulo: Planeta, 2017. pp. 160-161. 

4 comentários :

  1. Na contemporaneidade agitada em que estamos inseridos torna-se necessária a aplicação da DCD no nosso dia a dia. Duvidar das informações, notícias e boatos. Criticar, de forma construtiva, e não ser aquele sujeito alienado que com tudo e todos concorda. Decidir o que queremos e para onde vamos: ser também determinado. Valeu a dica!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Naelle, obrigado por ter navegado por aqui e ter gostado do texto que compartilhei. Duvidar, criticar e determinar são os verbos da higienização mental.

      Excluir
  2. Dr. Augusto Cury, sempre muito prudente em suas publicações. Obrigado por compartilhar, Ronaldo.

    ResponderExcluir
  3. Ailton, obrigado por comentar. Dr. Augusto Cury é grande conhecedor da mente humana. Lê-lo é sempre proveitoso.

    ResponderExcluir