14 de mar de 2011

Para você


O amor tem uma regra única para aqueles querem vivenciá-lo:
O eu do amor não ocupa o espaço de outro eu.
Eles se partilham, tornando-se uma só cabeça;
Deixando o âmago adornado.

É assim que as páginas íntimas devem ser escritas para que elas não sejam borradas por aqueles que, ao invés de lê-las, passeiam os olhos sobre elas.

Resta agora sentir as cores de cada um.
Tocar a música que só o coração sabe,
Conhecer os detalhes, olhar com cor e amor.

Nenhum comentário :

Postar um comentário