22 de jul de 2008

Fragmentos

O rádio toca, os carros passam. Debaixo do teto as pessoas conversam, a lagartixa surge na parede branca e a cozinheira faz à comida...

 A família janta e as formigas bebem água.

Sem causa elas brigam, irritam-se. As formigas se cumprimentam.

Ah! Enquanto escrevo, uma formiga passa sobre as minhas palavras. O mosquito rouba o sangue. A pequena não sabe ler. Isso deve ser considerado.

Nenhum comentário :

Postar um comentário